top of page

esfuminho: pra que serve e como usar

Atualizado: 17 de mar. de 2020



Muita gente não conhece esse material e acaba deixando passar batido quando o vê na papelaria. É um lápis? Uma caneta? Um giz? Nada disso! Esse ilustre desconhecido é o esfuminho! Ele nada mais é do que um rolo de papel prensado em formato de lápis com as duas extremidades apontadas. Assim como os lápis, ele também possuem numeração de acordo com a espessura.

O próprio nome já dá uma dica da sua utilidade, ou seja, esfumar. O nome vem da técnica muito utilizada no Renascimento chamada sfumato. Também existe uma variedade com o núcleo oco chamado tortillon. Em geral, ele é aplicado sobre materiais porosos como os lápis de grafite (que apresentamos no post anterior), carvão e giz pastel. A grande vantagem do seu formato de lápis é conseguir trabalhar em áreas muito pequenas e trabalhos delicados, suavizando linhas por exemplo.


Por ser muito macio, sua ponta fica arredondada rapidamente. Para limpá-la ou apontá-lo novamente, pode-se utilizar uma lixa de unha.


Você pode esfumar os seus desenhos com materiais digamos, menos ortodoxos, como cotonete, um pincel seco cortado e até um pedacinho de papel higiênico. Com cada um desses materiais você conseguirá um efeito diferente. O mais importante é testar e descobrir o que atende às suas necessidades e expectativas. Nenhum material é obrigatório, nem certo e nem errado.


Mas lembre-se de nunca utilizar os dedos, pois a nossa pele transfere gordura para o papel, que além de prejudicar a conservação do seu trabalhao, cria uma película que atrapalha na aplicação das camadas de materiais como o grafite.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Instagram
bottom of page